Atualidades

Pautas envolvendo temas sobre atualidades, saúde e política

Falta de investimento em ciência torna a população mais desconfiada com a vacina

Não é de hoje que a desinformação sobre as vacinas contra a covid-19 é proliferada pelas redes sociais ou por outros meios de comunicação. Desde o início da pandemia, informações distorcidas, ou fakes news, como são conhecidas hoje em dia, são jogadas aos quatro ventos, sem a preocupação com relação aos efeitos do que isso pode causar.

A pandemia na África

Por Ana Luiza A. Vaz Cardozo, Anderson Marques Lima, André Alves de Amorim, Arthur Gabriel Macedo Nascimento, Caio César Pereira dos Santos e Suzana Correa Petropouleas A pandemia da covid-19 paralisa o mundo há mais de um ano. Até o dia 17 de março, mais de 120 milhões de pessoas foram contaminadas pelo SARS-CoV-2 ao redor do planeta, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, mais de 2,5 milhões de pessoas morreram em decorrência do vírus.

Ferimento causado por água-viva pode causar insuficiência cardíaca e choque anafilático

De acordo com Fred Bernardes, apesar de parecer uma queimadura, ferimento é, na verdade, intoxicação da pele causada como forma de autodefesa e que leva a essa sensação Mesmo sem ser no verão, todo cuidado é pouco quando falamos de enfermidades causadas por águas-vivas, ou seus parentes próximos, as caravelas. Apesar da pandemia, as pessoas ainda estão indo à praia e o risco de algo neste sentido acontecer acaba aumentando.

Depois do golpe, força das ruas indicará como será o futuro em Mianmar

Grandes potências estão atentas ao desfecho da ação militar, que impacta não apenas o Sudeste Asiático, mas a rivalidade entre Estados Unidos e China. No início de fevereiro, militares derrubaram o governo vigente de Mianmar, país do sudeste asiático. Tendo eleições democráticas desde 2011 e após uma vitória incontestável nas eleições de 2020, com mais de 80% dos votos, o partido liderado por Aung San Suu Kyi, ganhadora do Nobel da Paz em 1991, foi impedido de assumir suas posições no parlamento.

Nova Lei de Trânsito prevê que embriaguez ao volante não terá penas alternativas

Para Alamiro Velludo Salvador Netto, não há duvida de que a nova legislação de trânsito sancionada pelo governo federal trouxe importantes alterações naquilo que tradicionalmente se verificava no código brasileiro No final de 2020, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Nova Lei de Trânsito, que entrará em vigor em abril de 2021. Passando por diversos temas, a nova legislação traz mudanças significativas e pode, inclusive, interferir na vida do cidadão brasileiro.

Desigualdades existentes no ensino público são escancaradas com pandemia

A pandemia do coronavírus afetou a educação de diversas formas, deixando em dúvida seu funcionamento no ano de 2021. Pensando nisso, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou e divulgou diretrizes para todas as redes do País, desde a educação básica ao ensino superior. Com os diversos contextos educacionais encontrados pelo Brasil, seja em cada Estado ou município, a premissa que deve ser mais considerada na aplicação dessas orientações do CNE é a comunidade e suas necessidades.

Novo currículo do ensino médio não considera formação de professor

Para Cristina Cinto Araujo Pedroso, a alteração prevê que pessoas com cursos de complementação pedagógica ou consideradas com notório saber poderão atuar como professores, sem necessidade de certificação de licenciatura Recentemente, o governo do Estado de São Paulo anunciou que, a partir do ano que vem (2021), o ensino médio terá mudanças em seu currículo. Ao seguir a lei do novo ensino médio, de 2017, São Paulo torna-se o primeiro Estado a adotar as novas determinações.

Tarifação no saneamento básico dependerá da eficiência empregada no serviço

Com a aprovação do novo marco legal do saneamento básico, o modelo atual existente no setor será modificado, abrindo novas possibilidades para a prestação de serviços, mas também quando pensamos nas formas de se tarifar esses serviços. Afinal, a pergunta que não quer calar é: a tarifa vai aumentar? A resposta dessa pergunta depende de vários fatores e pode mudar ao longo do tempo.

Plataforma calcula dados de emissão de gases no transporte público

Mundialmente, a pauta pelo combate à poluição fica cada vez mais necessária e mesmo em meio a uma pandemia essa pauta não pode ser deixada de lado. Até porque, a própria pandemia teve efeito, inclusive visual, nos dados referentes às emissões de efeito estufa. São Paulo, entre outras cidades pelo planeta, definiu metas para a diminuição das emissões (zerar as emissões em até 20 anos) e, com esse esforço, tenta diminuir os impactos causados pela crise climática.

Especialistas comentam implicações do adiamento de eleições

Os professores Glauco Peres e Carlos Bastide falam sobre o novo cenário político desenhado pelas mudanças no calendário eleitoral Quando ocorrem, as eleições são sempre um dos eventos mais esperados do ano. Mas como organizar um evento desse tipo sem comprometer ações sanitárias envolvendo a pandemia enfrentada ao redor do mundo? Foi pensando nisso que a PEC 18/2020 foi criada e recentemente aprovada tanto no Senado quanto na Câmara dos Deputados.

Maneiras de viver bem na terceira idade em tempos de pandemia

Cartilha tem dados sobre a covid-19 e suas implicações na vida dos idosos, com sugestões de atividades a serem seguidas para conseguir uma vida mais saudável A pandemia enfrentada atualmente atinge todas as idades de maneiras diferentes. Em termos de risco, os idosos certamente são os alvos preferidos quando pensamos nos cuidados e determinações adotadas por governos ou instituições, já que a probabilidade de óbitos aumenta em pessoas com mais de 70 anos.

Ensino remoto emergencial deve levar em conta acesso de alunos à internet

Segundo Marcos Garcia Neira, devido à especificidade de cada nível escolar, aulas remotas deveriam ser planejadas pensando no perfil dos alunos e na questão da acessibilidade Apesar da pandemia que enfrentamos atualmente ser um assunto relacionado à saúde, seu escopo atinge todas as esferas de uma sociedade. No Brasil, isso não é diferente e a educação é uma das áreas mais acometidas pelos efeitos do vírus.

Maior inquérito de saúde do Brasil monitora doenças crônicas

Rafael Claro explica que o projeto Vigitel surgiu na USP e começou a ser usado pelo Ministério da Saúde a partir de 2006 É complicado imaginar como um inquérito pode alcançar todos os Estados do Brasil. Com mais de 200 milhões de habitantes, essa tarefa é árdua e demanda um esforço conjunto dos grupos envolvidos, e o Vigitel é exatamente isso: uma pesquisa em questionário que une Ministério da Saúde, Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Clima e Gestão Pública – por que os desastres acontecem?

Entre os dias 02 e 03 de março, fortes chuvas causaram desmoronamentos de terra em diversas áreas do litoral paulista, em especial na cidade de Santos. Até o dia 05, o número de mortos em Santos, Guarujá e São Vicente era de 29 pessoas, além de dezenas de desaparecidos e desabrigados. Desastres como esse acontecem com frequência no Brasil, principalmente durante o verão. Fatores como o clima e a gestão pública podem estar envolvidos tanto na prevenção quanto na explicação desses eventos.

Na luta contra o câncer, “novos” medicamentos são testados periodicamente

O mundo farmacêutico se baseia em pesquisas e testes, que vão desde a descoberta de novos componentes até o reúso de medicamentos antigos, em estudos que buscam encontrar formas de combater as doenças mais complicadas, tais como o câncer. A revista Nature Cancer, novo periódico da Nature (revista britânica conceituada no meio acadêmico), divulgou um estudo que revelou a existência de aproximadamente 50 medicamentos, conhecidos e aprovados, capazes de combater o câncer.

Condições urbanas favorecem vírus transmitidos por mosquitos

A professora Maria Anice comenta que “é muito difícil fazer um controle efetivo do mosquito sem fazer mudanças no ambiente urbano” Quando pensamos no cenário epidemiológico do Brasil, conseguimos observar quatro grandes vírus vinculados ao mosquito Aedes aegypti: dengue, chikungunya, febre amarela e zika. Condições ambientais, ecológicas, sociais e até entomológicas são as causas que permitem a propagação efetiva dessas infecções em pessoas suscetíveis. São esses motivos que fazem Estados tão
Load More Articles